Pesquisa personalizada

Olá Amigos e Amigas, Bem vindo!!!

A idéia deste Blog é com o intuito de fornecer informações sobre Ervas e Insumos em geral.

Através de um estudo arduo e minuncioso, conseguimos trazer para vocês informações sobre cada Erva para auxilio de estudo e orientação quanto ao uso.

Vale salientar que todas as Ervas publicadas neste Blog são de fontes verdadeiras. Essas são encontradas sempre ao final de cada texto.

Espero que este Blog seja útil para todos vocês e se possível divulguem para que possamos trocar idéias a respeito dessas maravilhas que a Natureza nos oferece de graça.

Voltem sempre, pois estaremos semanalmente atualizando este Blog com outras Ervas.

Para encontrar a sua erva preferida, clique nas datas ao lado e boa leitura!!!

Abraços,

terça-feira, 10 de março de 2009

Jasmim

Trata-se de um arbusto originário da Ásia, ereto ou trepador, apresentando folhas opostas, pinadas, com folíolos lanceolados, sendo o ímpar maior que os outros. As flores são alvas, muito aromáticas, dispostas em cimeiras terminais corimbosas.

Nome Científico: Jasminum officinale L. Sinonímia: Jasminum affine Royle; Jasminum viminale Salisb.; Jasminum vulgaticus Lam.

Nome Popular: Jasmim, Jasmim Galego, Jasmim da Itália, Jasmim dos Açores e Jasmim Trepador e Jasmineiro Galego, em português; Echter Jasmine e Jasmine, na Alemanha; Germir, Gesami, Jazmín, Jazmín Blanco, Jazmín Común, Jazmín de Espanha, Jazmín Morisco, Jazmín Poético e Jazmín Real, em espanhol; Jasmin, Jasmin Blanc e Jasmin Commune, na França; Jessamine, Catalonian Jessamne, Poets Jessamine e White Jessamine, em inglês; Gelsomino e Gelsomino Bianco, na Itália.

Denominação Homeopática: JASMINUM.

Família Botânica: Oleaceae.

Parte Utilizada: Flor.

Princípios Ativos: Óleo Essencial.


Indicações e Ações Farmacológicas: A infusão das flores de Jasmin apresenta propriedade sedativa, sendo excelente para as dores de cabeça. O óleo obtido da maceração das flores é eficaz no tratamento das dores nevrálgicas. O óleo essencial é muito utilizado na Perfumaria, sendo considerado emoliente e resolutivo. É aromático e antiespasmódico. Em Aromaterapia é indicado como calmante a anti-depressivo.

Toxicidade/Contra-indicações: Não há referências nas literaturas consultadas.

Dosagem e Modo de Usar: Não há referências nas literaturas consultadas.






Referências Bibliográficas:
CORRÊA, M. P. Dicionário das Plantas Úteis do Brasil. IBDF. 1984.

Segredos e Virtudes das Plantas Medicinais. Reader’s Digest do Brasil. 1ª edição.
1999.

SOARES, A. D. Dicionário de Medicamentos Homeopáticos. 1ª edição. Santos
Livraria Editora. 2000.

Nenhum comentário: