Pesquisa personalizada

Olá Amigos e Amigas, Bem vindo!!!

A idéia deste Blog é com o intuito de fornecer informações sobre Ervas e Insumos em geral.

Através de um estudo arduo e minuncioso, conseguimos trazer para vocês informações sobre cada Erva para auxilio de estudo e orientação quanto ao uso.

Vale salientar que todas as Ervas publicadas neste Blog são de fontes verdadeiras. Essas são encontradas sempre ao final de cada texto.

Espero que este Blog seja útil para todos vocês e se possível divulguem para que possamos trocar idéias a respeito dessas maravilhas que a Natureza nos oferece de graça.

Voltem sempre, pois estaremos semanalmente atualizando este Blog com outras Ervas.

Para encontrar a sua erva preferida, clique nas datas ao lado e boa leitura!!!

Abraços,

terça-feira, 10 de março de 2009

Carrapicho

Trata-se de uma herbácea ou arbusto perene, lenhoso, apresentando caule piloso o qual atinge até cerca de um metro e meio de comprimento, retos nas extremidades, com estípulas acuminadas, lanceoladas, oblíquo-triangulares e estriadas longitudinalmente, ligeiramente aderentes a base dos pecíolos. As folhas são compostas e trifolioladas, estipuladas, pecioladas, com folíolos obovados. As inflorescências são dispostas em racemos terminais, com flores roxas, róseas, às vezes brancas. O fruto é uma pequena vagem séssil, pubescente, de 2 centímetros, de coloração castanha.

Nome Científico: Desmodium adscendens DC. Sinonímia: Meibomia adscendens Kuntze; Desmodium arinense Hoehne; Desmodium caespitosum DC.; Desmodium ellipticum Macfd.; Desmodium obovatum Vog.; Desmodium oxalidifolium Don.; Desmodium racemiferum DC.; Desmodium vogelii Steud.

Nome Popular: Carrapicho, Carrapicho-de-beiço-de-boi, Amor-agarrado, Amor-do-campo, Amorico, Amores-do-campo, Amorzinho-seco, Carrapichinho, Marmelada de Cavalo, Pega-pega e Trevinho-do-campo, em português.

Família Botânica: Leguminosae.

Parte Utilizada: Caule, folha e flor.

Princípios Ativos: São pouco conhecidos.

Indicações e Ações Farmacológicas: Popularmente esta espécie é tida como medicinal e forrageira.
Um estudo realizado na França investigou alguns efeitos farmacológicos do extrato etanólico das folhas de Desmodium adscendens, uma planta tradicional da medicina africana, sobre o sistema nervoso central. O extrato da planta induziu a hipotermia e efeito analgésico em ratos. O D. adscendens suprimiu a fase tônica de indução de convulsão mortalidade por pentilenotetrazol (PTZ) em ratos. Além disso, o extrato da planta retardou o ataque promovido pelo PTZ e ataque generalizado no sistema límbico induzido pelo ácido kainico. Em contraste, o extrato da planta não afetou a convulsão tônica induzida por eletrochoque máximo em ratos ou a progressão dos ataques límbicos para com o estado epiléptico do rato (N'gouemo P, Baldy-Moulinier M, Nguemby-Bina C., 1996).
Outro estudo avaliou os efeitos dos extratos de D. adscendens, usado em Gana, África, no tratamento da asma, sendo considerado anti-anafilático in vitro. Como o material da planta é administrado oralmente, in vivo, estudos das propriedades anti-anafiláticas foram avaliadas no porquinho da Índia. Os resultados mostraram que ambos os extratos aquoso e etanólico de D. adscendens quando administrados oralmente, reduzem as contrações anafiláticas, interferindo com as contrações induzidas por histamina, e reduz a concentração das substâncias que estimulam o músculo liso, avaliado no tecido pulmonar do porquinho da Índia (Addy ME, Awumey EM., 1984).

Toxicidade e Contra-indicações: Não há referências nas literaturas consultadas.

Dosagem e Modo de Usar: não há referências nas literaturas consultadas.

Referências Bibliográficas:
• CORRÊA, M. P. Dicionário das Plantas Úteis do Brasil. IBDF. 1984.

• Flora Brasileira – Primeira Enciclopédia de Plantas do Brasil, 1ª edição, 1984.


• N'GOUEMO P, BALDY-MOULINIER M, NGUEMBY-BINA C., Effects of
an ethanolic extract of Desmodium adscendens on central nervous system
in rodents, Ethnopharmacol 1996.

• ADDY ME, AWUMEY EM., Effects of the extracts of Desmodium adscendens on
Anaphylaxis, J Ethnopharmacol 1984 Aug.

Um comentário:

gigi.com disse...

obrigado vc me ajudou muito