Pesquisa personalizada

Olá Amigos e Amigas, Bem vindo!!!

A idéia deste Blog é com o intuito de fornecer informações sobre Ervas e Insumos em geral.

Através de um estudo arduo e minuncioso, conseguimos trazer para vocês informações sobre cada Erva para auxilio de estudo e orientação quanto ao uso.

Vale salientar que todas as Ervas publicadas neste Blog são de fontes verdadeiras. Essas são encontradas sempre ao final de cada texto.

Espero que este Blog seja útil para todos vocês e se possível divulguem para que possamos trocar idéias a respeito dessas maravilhas que a Natureza nos oferece de graça.

Voltem sempre, pois estaremos semanalmente atualizando este Blog com outras Ervas.

Para encontrar a sua erva preferida, clique nas datas ao lado e boa leitura!!!

Abraços,

sexta-feira, 13 de março de 2009

Cistus

Originalmente encontrado no oeste dos Estados Unidos, o Cistus atualmente pode ser encontrado na Europa. A planta é perene com um caule branco. Os ramos são esbeltos, verde-arroxeado, com folhas opostas, lineares, acima de 1,5 cm de comprimento e de cor verde-acinzentada. A planta floresce duas vezes por estação. As primeiras flores são amarelas com pétalas grandes As segundas flores não possuem pétalas e aparecem em pequenos agrupamentos axilares. A planta possui sabor adstringente e amargo e não apresenta odor.

Nome Científico: Cistus canadensis L. Sinonímia: Cistus ramuliflorus Poir.; Helianthemum corymbosum Pursh; Helianthemum ramuliflorum Michx.; Helianthemum rosmarinifolium Pursh; Heteromeris canadensis Spach; Heteromeris cymosa Spach; Heteromeris michauxii Spach; Lechea major L.

Nome Popular: Cistus e Sargaço, em português; Canadisches Sonnenröschen, na Alemanha; Cisto Heliantemo, em espanhol; Ciste du Canada, na França; Canadian Rock- Rose, Frostwort, Garden Sunflower, Frostweed, Holyrose, Sun Rose, Ice-Plant e Scrofula-Weed, em inglês.

Denominação Homeopática: CISTUS CANADENSIS.

Família Botânica: Cistaceae.

Parte Utilizada: Caule e folha.

Princípios Ativos: Tanino; Glicosídeo: helianthinina.
Observação: Os princípios ativos do Cistus ainda não foram investigados.

Indicações e Ações Farmacológicas: São conferidas as ações adstringente e tônica. Esta erva é usada internamente nas desordens digestivas e externamente em úlceras.
O Cistus é muito utilizado na Homeopatia que a utiliza como um remédio antipsórico, um remédio de profunda ação. É também utilizado para estados de exaustão, provenientes de esforço físico, dispnéia e resfriado. É muito semelhante em Homeopatia à utilização de Calcarea para estes fins. É muito eficaz contra as diversas manifestações da escrófula, sobretudo contra ingurgitamentos dos gânglios linfáticos, com ou sem supuração. Quando as glândulas estão inflamadas e endurecidas. Sensação de frialdade em várias partes. A garganta apresenta-se seca. Na oftalmia escrofulosa. Na rinite crônica com sensação de frio ardente no nariz ao inalar o ar. Prurido em certas partes. Escorbuto.

Toxicidade e Contra-indicações: Não há referências nas literaturas consultadas.

Dosagem e Modo de Usar:
• Homeopatia: 1ª à 30.º.

Referências Bibliográficas:

• SOARES, A. D. Dicionário de Medicamentos Homeopáticos. 1ª edição. Santos
Livraria Editora. 2000.

• CAIRO, N. Guia de Medicina Homeopática. 21ª edição. Livraria Teixeira. 1983.

• PDR for Herbal Medicines. 1st editon. Medical Economics. 1998.

Dica:
Maiores informações sobre a utilização homeopática do Cistus podem ser encontradas no site:
www.homeoint.org/books3/kentmm/cistus.htm

Nenhum comentário: