Pesquisa personalizada

Olá Amigos e Amigas, Bem vindo!!!

Pesquise e estude sobre centenas de ervas disponibilizadas neste blog, com riqueza em informações, pois você irá se surpreender com os detalhes.

Para encontrar a sua erva desejada, veja nas datas ao lado e boa leitura!!!

Gostou? Ajude o blog a se manter no ar!!!

sexta-feira, 6 de março de 2009

Capim Cidrão




O Capim Cidrão é uma erva aromática, originária da Índia e atualmente muito cultivada no Brasil, caracterizada por apresentar de 60 a 80 cm de altura, formando varais touceiras e rizoma curto. As suas folhas são estriadas, longas, ásperas e com margens cortantes. As flores são raras e estéreis, não possuindo sementes. Possui aroma forte e penetrante, semelhante ao do limão, devido ao óleo essencial que se localiza nas células alongadas do parênquima foliar, mais abundante na parte superior das folhas, embora apareçam em toda a planta.
A indústria promove a destilação das folhas do Capim Cidrão, obtendo-se a essência que sempre tem como predominância o citral. Durante a Segunda Guerra Mundial a falta de transportes no Oriente e alta dos preços no mercado propiciou o desenvolvimento da cultura do Capim Cidrão na América, principalmente no Brasil, encontrando-se aclimatado principalmente nas regiões sul e sudeste e sendo muito conhecido também por Erva-cidreira e Capim-limão e utilizando suas folhas como chá com propriedades sedativas do sistema nervoso.

Nome Científico: Cymbopogon citratus (DC.) Satpf. Sinonímia: Andropogon schoenanthus L.; Cymbopogon citirdorus Link; Cymbopogon martini Stapf.; Cymbopogon martinianus Schultes.

Nome Popular: Capim Cidrão, Capim Limão, Erva-cidreira, Capim-caatinga, Capim-cheiroso, Capim-cidreira, Capim-cidrilho, Capim-siri e Capim-santo, em português; Lemongrass e West Indian Lemongrass, em inglês.

Família Botânica: Gramineae.

Parte Utilizada: Folha.

Princípios Ativos: Óleo Essencial: citral (responsável pelo odor de limão) e mirceno principalmente; Alcalóides; Saponinas; Cumarinas e Flavonóides.


Indicações e Ações Farmacológicas: Toma-se o chá do Capim Cidrão principalmente para aliviar pequenas crises uterinas e intestinais, assim como auxiliar no tratamento do nervosismo e em estados de intranqüilidade. Além disso, apresenta propriedade de repelente de insetos, bem como o emprego na indústria de perfumes.
Sua ação calmante e antiespasmódica suave são atribuídas ao citral e a atividade analgésica ao mirceno. Isto explica o seu uso nas dores musculares.

Toxicidade/Contra-indicações: Não se tem notícia de intoxicação por Capim Cidrão. O chá pode ser bebido à vontade.

Dosagem e Modo de Usar:
• Infusão: Cinco a seis gramas por xícara, à vontade.

Referências Bibliográficas:
• COSTA, A. F. Farmacognosia. Lisboa. Fundação Gulbenkian Calouste. 1994.

• MATOS, F. J. A. Farmácias Vivas. 3ª edição. UFC edições. 1998.

• Flora Brasileira – Primeira Enciclopédia de Plantas do Brasil. Volume 1. 1984.

• PDR for Herbal Medicines. 1st editon. Medical Economics. 1998.

• PANIZZA, S. Plantas que Curam (Cheiro de Mato). 7ª edição. 1997.
Postar um comentário